sábado, 19 de dezembro de 2015

Pode amolar a Rôla, tá vindo super camisinha ai

Reprodução/BBC


Uma supercamisinha que combate o vírus HIV e permite maior sensibilidade que as tradicionais estará disponível em breve, de acordo com cientistas.

De acordo com os cientistas do Centro de Ciências e Saúde da Universidade do Texas, o novo contraceptivo será fabricado com um produto feito à base de hidrogel. Essa substância será capaz de matar os vírus HIV caso a camisinha estoure.

A supercamisinha vai também contar com um antioxidante que aumenta o prazer sexual. “As pessoas dizem que não querem usar camisinha porque não sentem o mesmo prazer sexual. Os anti oxidantes vão aumentar os neurotransmissores que trabalham nos terminais nervosos e permitem um maior prazer sexual”, apontou o pesquisador chefe do projeto, Mahua Choudhery à BBC.

Choudhery acrescentou ainda que, caso o vírus HIV entre em contato com o produto, a camisinha vai bloquear a entrada do vírus no corpo. A camisinha deve chegar ao mercado em 2016. De acordo com Choudhery, várias empresas tem interesse em trabalhar em conjunto com a Universidade do Texas no desenvolvimento do projeto. O preço estimado das supercamisinhas é de um dólar, equivalente a R$ 3,94.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

A piaba contra o mosquito



Moradores da cidade de Itapetim, em Pernambuco, encontraram um jeito eficiente de acabar com os mosquitos da dengue, da chicucunha e da zica. Em vez do fumacê que até agora não disse a que veio, encheram as caixas d água espalhadas pela cidade de piabas, isso mesmo, as deliciosas piabas que quando torradas viram um tira gosto dos bons e quando vivas, comem qualquer tipo de mosquito ou de martelo (sapo novinho) que encontram pela frente.

Quando a gente era menino, nossos pais colocavam piabas nos tanques de cimento construídos no quintal para armazenar a água. E ela, a água ficava sempre limpa e livre de pernilongos,muriçocas e outros bichos menores. E depois a gente comia as piabas, gordas de tanto encher o bucho com mosquitos.

CENTRO ESPÍRITA APOLO – FÉ E RAZÃO – COMO DESCOBRIR O SENTIDO DA VIDA?

12391808_520444838137384_1190693781589958157_n


EXPOSITOR ESPÍRITA VINDO DIRETAMENTE DO ESTADO DE GOIÁS ESTARÁ NESTE PRÓXIMO SÁBADO, DIA 19/12, NO CENTRO ESPÍRITA APOLO, A PARTIR DAS 20 h, E ABORDARÁ SOBRE A PROFUNDA RELAÇÃO ENTRE A FÉ E A RAZÃO, E SUAS IMPLICAÇÕES NOS ESTUDOS E DEBATES HUMANOS.

NESTE PRÓXIMO SÁBADO, DIA 19/12, NO CENTRO ESPÍRITA APOLO, A PARTIR DAS 20 h, teremos a grata satisfação de receber PELA PRIMEIRA VEZ EM NOSSA INSTITUIÇÃO, o Expositor Espírita JOÃO LUIZ TORRES, Caruaruense que atualmente reside em Goiânia, e que está vindo diretamente de Goiás para nossa região proferir palestras sobre a Doutrina.


Ele abordará o tema : FÉ E RAZÃO – COMO DESCOBRIR O SENTIDO DA VIDA?

VAMOS ESTUDAR JUNTO COM O NOBRE EXPOSITOR ESPÍRITA A INTRICADA RELAÇÃO ENTRE A FÉ E A RAZÃO E COMO A DOUTRINA ESPÍRITA SE POSICIONA EM RELAÇÃO A ISSO.

João Luiz Torres é formado em Administração de Empresas e atualmente exerce suas atividades profissionais em Goiânia.

LOCAL: CENTRO ESPÍRITA APOLO- Av Cap. Eulino de Mendonça, s/nº ( rua da antiga delegacia //// Avenida da Secretaria de Educação)

HORÁRIO : 20 h

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Puta que pariu, num é verdade;Segundo Estudo: pessoas que falam mais palavrão têm vocabulário mais rico neste caralho!!!!



Se você é daqueles que acham que palavrão é quase o mesmo que ponto final, saiba que você pode ter um vocabulário melhor que muitas pessoas. Isso é o que aponta um estudo publicado na revista Language Science, pelos psicólogos Kristin Jay e Timothy Jay.

Os especialistas usaram estudantes como participantes da pesquisa. Eles tiveram que falar o máximo de palavrões que conheciam em 60 segudos. Logo depois, eram desafiados a dizer outras palavras, como o maior número de espécies de animais conhecidas, no mesmo mesmo espaço de tempo.

O resultado foi que aqueles que xingaram mais também conseguiram uma maior quantidade de outras palavras, o que indica um vocabulário mais rico, segundo o estudo. "O resultado geral dessa pesquisa é que a fluência em palavras ‘tabus‘ está positivamente relacionado à fluência verbal", escreveram os especialistas. 

Fonte: Correio Braziliense

Finalmente Padre Cícero recebe perdão da Igreja Católica




Venerado em romarias que atraem mais de 2 milhões de pessoas por ano a Juazeiro do Norte (CE), o Padre Cícero Romão Batista foi perdoado pela Igreja Católica após mais de um século de punição.

A reconciliação foi anunciada neste domingo (13) pelo dom Fernando Panico, bispo da Diocese de Crato (CE), que recebeu uma carta do Vaticano com a decisão do papa Francisco.

Conhecido popularmente como ‘Padim Ciço’, ele foi afastado da Igreja Católica após um episódio em 1889 que ficou conhecido como “milagre da hóstia”, no qual uma hóstia dada pelo padre a uma beata teria se transformado em sangue.

Nos anos seguintes, o padre foi proibido de confessar, pregar e administrar os sacramentos, além de celebrar missas. Em 1896, O Santo Ofício determinou que ele deixasse a cidade de Juazeiro do Norte, sob pena de ser excomungado.

As punições se seguiram até 1926, quando o padre foi suspenso definitivamente pela Igreja, que lhe retirou as ordens. Ele morreu em 1934.

Carismático, Padre Cícero tinha influência sobre a vida social e política na região de Juazeiro do Norte, onde hoje há uma estátua de 27 metros de altura em sua homenagem.

A reconciliação foi pedida ao Vaticano há nove anos por dom Fernando Panico e é o primeiro passo para a reabilitação de Padre Cícero. Caso seja reabilitado, o padre estará apto a ser beatificado e canonizado.

A carta, assinada pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, diz que o Padre Cícero “viveu uma fé simples, em sintonia com o seu povo”. A íntegra do documento será divulgada no próximo domingo (20) pela Diocese de Crato.

Em uma rede social na internet, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT) afirmou que recebeu “com muita alegria a informação da reconciliação da Igreja Católica com o querido Padre Cícero Romão Batista, nosso Padim”.

Pernambuco lembra Semana Nacional de Incentivo à Doação de Medula Óssea

Pernambuco é o segundo estado do Brasil em número de transplantes de medula óssea


Salvar uma vida com um gesto de solidariedade. Doar medula óssea é simples. Mas as chances de encontrar um doador compatível nem tanto. A probabilidade de conseguir é de um em cada cem mil. Em Pernambuco, existem 35 pessoas na fila de espera. No País, 1.288 aguardam por uma medula. E os 102 mil pernambucanos cadastrados no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) não têm sido suficientes para ajudar a quem precisa. Ontem, foi dada a largada a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea, em uma cerimônia realizada no Palácio do Campo das Princesas, com o objetivo de aumentar o número de cadastros no Redome.

"Em um momento como esse de tantos desafios, nós precisamos muito da solidariedade das pessoas. Que essa semana seja toda em favor da vida do próximo e que Pernambuco se entregue a essa causa. Uma causa de amor", declarou o governador do Estado, Paulo Câmara. Segundo a supervisora do Redome em Pernambuco, Josiete Tavares, quanto mais pessoas se colocarem à disposição, mais fácil fica encontrar um doador. E fazer isso é fácil. Ontem, o técnico em enfermagem Diogo Lucena, 26 anos, foi ao Palácio para ser um dos colaboradores. Ele ficou sabendo do mutirão pelas redes sociais. “Assim que soube vim até aqui para ser um doador e me cadastrar no Redome. Posso salvar a vida de muitas pessoas, caso seja compatível. E a sensação vai ser de realização e felicidade”, disse o jovem. A administradora de empresas Janaína César, 38 anos, foi influenciada a realizar o cadastro após seu sobrinho precisar de doações. “A gente só sabe da gravidade quando precisa. A partir da história dele, tomei a consciência da importância que é ser um doador”, afirmou Janaína.

Quem não teve a oportunidade de ir ao Palácio, ontem, pode comparecer à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). "A gente quer, em breve, multiplicar o nosso cadastro por dez. Para que, mais na frente, as pessoas que precisam de um transplante de medula possam contar com mais ajuda dos pernambucanos. Quanto mais as pessoas souberem da simplicidade desse procedimento, maior será o nosso banco de voluntários", assegurou o chefe do Executivo estadual, Beto Albuquerque.

Também foi colocada à disposição da campanha a plataforma da PCR "Transforma Recife". A rede é responsável por unir organizações e voluntários na construção de uma cidade solidária e terá condições de mobilizar mais doadores. São mais de 60 mil voluntários que vão poder compartilhar a iniciativa e aumentar o número de doadores.

Transplantes
Pernambuco é o segundo estado do Brasil em número de transplantes de medula óssea, atrás apenas de São Paulo. De 2011 a 2015, foram realizados 864 transplantes envolvendo as três modalidades existentes: autólogo – tratamento com a própriamedula; alogênico não aparentado – quando recebe de um não parente (Redome) e alogênico aparentado – quando recebe de um parente. Atualmente, a probabilidade de encontrar um doador de medula óssea entre os familiares, como pais e irmãos, é de 25%.

Para ser um doador
- Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde;
- Os candidatos à doação assistem a palestras e vídeos educativos, depois assinam um termo de consentimento para doar. Todas as dúvidas deverão ser esclarecidas antes da assinatura;
- Assinar o termo de consentimento significa que o doador concorda em dar prosseguimento ao processo e que tem a intenção de doar;
- Os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de sangue para testes de histocompatibilidade (HLA). É indispensável levar um documento original com foto, ter o conhecimento do número do CPF e levar o CNS (Cartão Nacional de Saúde), se possuir.

Como é o transplante alogênico (doador para receptor)? Antes da doação, o doador faz uma série de exames para confirmar o seu bom estado de saúde.

O transplante pode ser
- Punção direta: Em um procedimento, as células da medula óssea são retiradas do interior dos ossos da bacia, por meio de punções com agulhas. Os doadores retornam as suas atividades habituais em média de uma semana após a doação.
- Por Aférese: O doador recebe uma medicação que estimula a produção das células tronco e faz com que as células da medula óssea sejam levadas para a corrente sanguínea. Essas células são retiradas pelas veias do braço do doador, ou por um acesso venoso central com uso de uma máquina de aférese.

PREFEITO CONVIDA PARA LANÇAMENTO, HOJE, DE LIVRO DO MAGNO MARTINS

fotos diversas 024
O Prefeito de Bezerros, Severino Otávio (Branquinho) tem o prazer de convidar a toda imprensa e população em geral para participar da noite de lançamento do livro “Perto do Coração”, de autoria do jornalista Magno Martins. Será nesta segunda feira, às 19h, na Câmara de Vereadores.
(Sérgio Leão)